top of page

Identificação de lesão vascular por tomografia computadorizada

Pesquisadores colombianos publicaram artigo na revista científica Arquivos Brasileiros de Neurocirurgia sobre estudo feito com tomografias computadorizadas de crânio com intuito de definir variáveis que auxiliem os médicos na identificação de lesões vasculares em pacientes com traumatismo crânio-encefálico. Como resultado o grupo descreve:


Foram identificados um total de 138 sujeitos que cumpriam os critérios de inclusão. A média de idade foi de 32 anos, 82% eram homens, e o mecanismo da lesão mais frequente foi o ferimento por arma de fogo (59%). As variáveis associadas à lesão vascular foram a fratura da base do crânio temporal e a fratura esfenoidal. (VELÁSQUEZ-VERA et. al.,2022)

Leia artigo mencionado completo abaixo.


Referência bibliográfica: VELÁSQUEZ-VERA, Miguel et. al. Preditores tomográficos de lesão vascular em pacientes com traumatismo cranioencefálico.. Arquivos Brasileiros de Neurocirurgia: Vol. 41, No. 4, 2022.


DOI https://doi.org/ 10.1055/s-0041-1739275. ISSN 0103-5355.

Commentaires


bottom of page