top of page

Relações entre AVC e infarto são pesquisadas em artigo publicado no Journal of Neurosurgery

Pesquisadores de Munique, Alemanha, publicam trabalho sobre o rítmo circadiano da progressão do núcleo isquêmico em acidente vascular cerebral humano, para verificar as propensões de infarto após um AVC.


No trabalho desenvolvido foram usados dados de 583 pacientes com AVC por oclusão de grandes vasos. Como resultado foi obtido que:


"Pacientes com início dos sintomas à noite apresentaram maiores volumes centrais isquêmicos na admissão em comparação com pacientes com início durante o dia (mediana, 40,2 mL vs 33,8 mL), também em análises ajustadas (p=0,008). A análise sinusoidal indicou um pico de volumes do núcleo com início às 23h. O crescimento do núcleo foi mais rápido à noite em comparação com o início do dia (p ajustado = 0,01), especialmente para tempos de imagem mais curtos. Em contraste, os volumes de penumbra não mudaram ao longo do ciclo de 24 horas." (REIDLER et. al., 2023)

Desta forma os autores sugerem que a progressão do infarto humano varia ao longo do ciclo de 24 horas.


Leia artigo mencionado completo abaixo.

Fonte: Journal of Neurology, Neurosurgery & Psychiatry - acesse PDF aqui


Referência bibliográfica: REIDLER P, BREHM A, SPORNS PB, et al. Circadian rhythm of ischaemic core progression in human stroke. Journal of Neurology, Neurosurgery & Psychiatry 2023. 94:70-73.



Comentarios


bottom of page