top of page

SELEÇÃO DE NOVENBRO: Uso de Estimulação de Nervo Vagal para Tratamento de epilepsia refratária

Aos pacientes que apresentam quadro de epilepsia refratária e não podem realizar cirurgia de ressecção estudo científico analise o uso de estimulação do nervo vagal (VNS, sigla em inglês) como possível tratamento.


Com o intuito de diminuir o consumo da bateria do sistema de estimulação e, deste modo, aprimorar o tratamento foi empregado o valor de frequência de 20 Hz, ao invés de 30 Hz, comumente utilizados. Os resultados obtidos foram:


A estimulação em 20 Hz apresentou redução de 68% na incidência de convulsões (p ¼ 0,054), bem como baixa incidência de efeitos colaterais. (OLIVEIRA et al., 2022)

Leia artigo mencionado completo abaixo.


Referência bibliográfica do artigo: OLIVEIRA, Tatiana Von Hertwig Fernandes de et al. É seguro reduzir parâmetros de estimulação do VNS? Arquivos Brasileiros de Neurocirurgia: vol. 41, número 1, jan. 2022.


bottom of page